segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Emiliano Di Cavalcanti

Emiliano Di Cavalcanti nasceu em 1897, no Rio de Janeiro.
Em 1914 quando o seu pai morreu , começou a trabalhar e fazer ilustrações para a revista Fon -Fon.
Em 1917 tranferiu-se para São Paulo e ingressou na Faculdade de Direito e
segue fazendo ilustrações e começou a pintar. O jovem Di Calvalcante frequenta então o atelier do impressionista George Elpons e torna-se amigo de Mário e Oswald de Andrade.
Faz a sua primeira viagem á europa em 1923, permanecendo em Páris até 1925. Frequentou a Academia Ranson. Expõe em diversas cidades,Londres, Berlim, Bruxelas, Amsterdan, e Páris. Conhece: Picasso, Léger, Matisse, Eric Satie,Jean Cocteau, e outros intelectuais franceses. Retorna ao Brasil em 1926 e ingressa no Partido Comunista. Em 1937 recebe medalha de ouro com a decoração do Pavilhão da Companhia Franco Brasileira, na exposição de Arte tecnica em Páris. 1956 é o ano de sua participação na Bienal de Veneza. E recebe o premio da mostra internacional de Arte Sacra, de Trieste. Na segunda Bienal de São Paulo foi considerado o melhor pintor nacional. Recebe a proposta de Oscar Niemayer para a criação de imagens para tapeçaria a ser instalada no palácio da Alvorada.
Também pinta as estações para a Via - Sacra da Catedral de Brasília. Falece no Rio De Janeiro em 26 de outubro de 1976

Um comentário:

  1. Oi Vivi! muito legal teu blog...parabens! Vou visita-lo sempre! um bj
    Liana

    ResponderExcluir